Isso de ser apenas o que a gente é, ainda vai nos levar além. 

Dormir por 10 horas seguidas, sentir o cheiro da chuva e vestir aquela blusa cinza mescla quentinha. Tomar um café coado na hora, escutar as músicas que aquecem o coração e assistir algo que faz sorrir. Sentir o coração quentinho, sentir cheiro de baunilha no ar. Passar batom vermelho e sentir o cheiro da terra molhada pela janela. Deitar numa cama quentinha, ler aquele livro bonito e começar uma série nova. 

São dias assim que eu preciso ter todas vez que fico sem tempo pra mim. 

É sempre bom ser o que realmente somos. Sem influências de ninguém, sem querer sem outro alguém, apenas ser. E é tão bom saber quem é e gostar de si. Há forças incríveis na segurança de ser quem é. Há forças em amar a si. 

Das coisas que mais gosto em mim, nunca ter querido ser outro alguém, parecer ou agir como outro, é com certeza o campeão. 

E isso é algo que ninguém nunca vai me tirar: Ser quem eu sou. 

Anúncios