.limbo.

Conviver com uma doença crônica que afeta toda a minha vida e ações me fez por vezes desenvolver ótimas técnicas para me ajudar e controlar meus pensamentos. A mais importante é o bloqueio da morte. Durante um longo período eu achei que morrer resolveria tudo, mas quando comecei a enxergar minhas dores como problemas, como uma boa controladora de desastre eu achei soluções. Eu encontrei em listas de sonhos e objetivos todos os motivos que precisava para levantar e andar até o que precisava. E apesar de cair tantas vezes, eu nunca deixei de levantar e andar, levantar e andar…

Eu tinha motivos para me esforçar, tinha objetivos e tanta vontade de viver apesar da morte rodear meus pensamentos. Fui forte e me orgulho de ter conseguido tantas coisas pelas quais já sofri tanto ao visualizá-las tão longe da minha realidade.

Mas nada, absolutamente nada disso pode me ajudar agora. Sem perspectivas, desejos, ou sonhos palpáveis, eu estou mal e sem ferramentas que possam me ajudar.

Eu não quero nada, não tenho vontade de nada. Talvez o que eu mais queira seja dormir pra sempre. Mas quando os pesadelos me acordam eu imagino se até isso não está perdido.

Morrer é uma ideia óbvia pra quem deseja sumir e acabar com as dores, mas e se morrer for apenas um descolamento do material? E se morrer for apenas deixar o corpo, mas as dores acompanharem a alma? Se morrer não é garantia de resolução para toda essa infelicidade, então nem morrer mais eu quero.

E isso resulta em: nenhuma vontade de viver, porém tão pouco de morrer. Isso resulta no pior limbo que alguém pode estar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s