First Breath After Coma

weheartit

{11pm de um dia de semana, você está cansada de praticamente tudo por não estar fazendo nada. Após um bar com amigos, imagina que talvez a dor esteja menor, pois conseguiu parar de chorar e fingir algumas risadas. “Eu vou ficar bem, eu vou ficar bem!”, sua mente repete em uma tentativa falha que em algum momento próximo o mantra funcione. Mas de repente, em uma ação corriqueira de checar mensagens, você é atingida por um raio. Não foi sem querer, não foi descuidado. Foi direto e pesado. Então agora você sente como se fosse morrer a qualquer segundo, pois não consegue respirar e cada poro do seu corpo dói. As lágrimas correm sem intenção, caem sem sua permissão. E o peito fica mais pesado a cada segundo que essa bigorna se instalou nele. O mundo poderia acabar naquele momento. Não… O mundo deveria acabar nesse momento, porque você já se sente morta. Nada vai mudar essa tristeza profunda e imensa decepção humana. Porque nesse momento você morreu, então tudo acabou. Menos o pior sentimento do mundo que continua a esmagar seu peito. Então, continua a chorar, porque não há nada o que fazer. Nada, nem ninguém no mundo irá tirar esse peso de você. Mas seus olhos não aguentam mais chorar, porque não adianta, porque não é justo, porque você não merece a dor. Então dormir o máximo que puder desejando nunca mais acordar, é a única coisa justa que pode fazer por si. Mas os sonhos também podem ser cruéis. Os desejos são a fonte mais usada nos temas projetados em suas pupilas. Seus olhos inchados abrem de hora em hora para despejar mais algumas lágrimas e perceber que a dor continua.

Após algum tempo de coma opcional, a vida te chama e você precisa acordar. Infelizmente, sabe fazer isso por experiências anteriores. Essa vez é bem mais difícil, a dor é muito mais profunda, a decepção é imensa. Mas precisa acordar. As lágrimas não são mais descontroladas, contudo, algumas vezes por dia sua mente falha e te leva a lugares e memórias as quais não deveria revisitar. E elas caem novamente para te lembrar que você não está no controle dessa situação.

Não há opção além de acordar. Não há opção além de esperar pelo tempo. Não há o que fazer com a bigorna. Não há como secar as lágrimas. Só resta respirar profundamente e deixar o tempo passar.}

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s